Carrapatos verão
Dez 1

No Verão, Fique Atento aos Carrapatos!

Por Bruna Moura

Com a chegada do verão, é comum levar os cães para passear em áreas verdes, é muito saudável e eles adoram isso! Porém, essa ação nos levanta o cuidado com uma questão importante: os carrapatos. Muito comuns nessa estação do ano, muitas pessoas não consideram importante manter os carrapatos longe dos animais, o que deveria ser o contrário, já que eles podem transmitir doenças graves para os pets e humanos, levando até mesmo à morte.

Um exemplo de doença transmitida pelo carrapato é a Febre Maculosa, transmitida pelo Amblyoma Cajennense, conhecido como “Carrapato Estrela”. Ela pode causar febre alta, dores de cabeça e musculares e, no quarto dia após a picada, podem surgir manchas avermelhadas espalhadas pelo corpo. Se não tratada e evoluída para a forma grave, 80% dos casos evoluem para óbito.

Um exemplo de doença transmitida pelo carrapato é a Febre Maculosa, transmitida pelo Amblyoma Cajennense, conhecido como “Carrapato Estrela”. Ela pode causar febre alta, dores de cabeça e musculares e, no quarto dia após a picada, podem surgir manchas avermelhadas espalhadas pelo corpo. Se não tratada e evoluída para a forma grave, 80% dos casos evoluem para óbito. A Babesiose Canina também é transmitida pela praga, que causa infecção dos glóbulos vermelhos nos cachorros e anemia grave. Por consequência, os cães apresentam fraqueza, tristeza e emagrecimento progressivo e somente o Médico Veterinário pode diagnosticar a doença e prescrever os medicamentos corretos.

A Doença de Lyme é extremamente grave, transmitida pelo carrapato para cachorros e seres humanos pela bactéria espiroqueta Borrelia Burgdorferi. Pode comprometer diversos órgãos, como pele e até mesmo o coração. Nos cães, os principais sintomas são dor nas articulações, letargia e febre. Prevenir é sempre melhor que remediar, então, caso seu cachorro for viajar com você agora no final de ano, não deixe de aplicar um bom antipulgas nele, evitando assim que os carrapatos sejam uma ameaça para ele e sua família. Outro fator importante é sempre visitar o Médico Veterinário, que pode avaliar se há a presença de algum carrapato no pet, e prescrever a medicação correta caso algum sintoma apareça.

Inscreva-se e fique por dentro de novidades e promoções!